Você sabe o que é apneia do sono?

A Apneia do Sono, Apneia Obstrutiva do Sono (AOS) ou Síndrome da Apneia e Hipopneia Obstrutiva do Sono (SAHOS) são nomes para a mesma doença que é muito frequente e está relacionada à respiração no sono. Desenvolvida por fatores relacionadas à estrutura anatômica e neuromuscular que diminuem a área livre da faringe. As pessoas que possuem esta doença do sono referem que ao acordar parecem não terem dormido nada, apresentam cansaço e fadiga, falta de concentração, alteração da memória, irritabilidade e muitas vezes podendo até apresentar dores musculares e depressão. Muitas vezes seus familiares referem que o portador da AOS fica alguns momentos sem respirar durante a noite, que suspiram durante o sono, apresentam engasgos e a presença de ronco também podem ser características do portador da AOS.

Como posso saber se tenho apneia do sono?

A apneia do sono pode ser diagnosticada através do exame de polissonografia que é um exame simples, onde o paciente vai até um laboratório, é equipado com sensores e eletrodos e seu sono é registrado durante uma noite. Nele podemos ver quantas vezes o indivíduo apresentou anormalidades na respiração durante o sono. Há também o exame domiciliar, onde o indivíduo realiza o exame em seu lar, porém este possui indicações específicas que poderão ser recomendadas pelo seu médico.

Quem pode ter AOS?

Obesidade, sexo masculino e idade avançada aumentam a predisposição de AOS. Nas pessoas com sobrepeso a ocorrência de AOS chega à 30% a 40% enquanto em indivíduos com IMC (índice de massa corporal) acima de 40kg/m2 a ocorrência é em mais de 90%.

Para agendar uma consulta ligue: SP: (11) 3214-1023 ou ABC: (11) 2669-3338

O que esta doença pode causar no indivíduo?

Os efeitos destas pausas são os despertares frequentes durante a noite, aumento da atividade muscular e do trabalho cardíaco e diminuição da oxigenação do sangue.

Pode causar variação da pressão arterial durante o sono, aumento dos batimentos cardíacos, diminuição da oxigenação do sangue e consequentemente aumento da produção de radicais livres, além de alterações na coagulação, da qualidade de vida, depressão, demência entre outros.

AOS na população

Estudos recentes indicam que 23,4% das mulheres e 49,7% dos homens possuem síndrome apneia do sono. Um estudo realizado na cidade de São Paulo observou que 32,9% possui AOS.

A AOS tem tratamento?

O tratamento da AOS pode ser indicado após o diagnóstico da doença. Procure um especialista e veja quais as alternativas para o seu tratamento. Algumas opções de tratamento para apneia do sono são: o uso de pressão positiva nas vias aéreas (PAP), cirurgia para apneia do sono e outros dispositivos.

CPAP - Continous Positive Airway Pressure (Pressão Positiva Contínua nas Vias Aéreas)

O CPAP é um equipamento que injeta o ar com pressão para dentro das vias aéreas, fazendo assim com que a passagem do ar fique livre. É um equipamento totalmente seguro e não invasivo, capaz de reverter os eventos de respiração durante o sono. Sua indicação deve ser feita por um profissional e assim ele poderá lhe ajudar na escolha do equipamento mais indicado e nas orientações a respeito do uso.

FALAR COM ESPECIALISTA